GM investirá R$ 140 bilhões em carros elétricos e autônomos; 30 novidades estreiam até 2025

Conglomerado norte-americano aumenta seus investimentos em tecnologia e deixa clara sua estratégia para os próximos anos
GMC Hummer EV 2022

GMC Hummer EV 2022 | Imagem: Divulgação

Embalada pela eleição do democrata Joe Biden, que promete uma atenção cada vez maior para as questões ambientais, a GM realizou um importante anúncio nesta quinta-feira (19) direto de sua sede em Detroit (EUA).

A presidente e CEO da companhia, Mary Barra, revelou que a empresa vai aumentar para US$ 27 bilhões seu montante destinado ao desenvolvimento de veículos elétricos e autônomos até 2025. O valor, que supera R$ 140 bilhões de acordo com as cotações atuais, deixa claro o comprometimento da empresa com as duas tecnologias e escancara a estratégia do conglomerado para os próximos anos.

Com o vultoso investimento, a GM prepara o lançamento de 30 novos veículos elétricos ao longo dos próximos cinco anos, os quais serão destinados a diferentes mercados ao redor do mundo e contemplam as marcas Cadillac, GMC, Chevrolet e Buick.

Entre eles figuram novidades apresentadas recentemente, como a GMC Hummer EV e o Cadillac Lyriq. Também estão nos planos quatro modelos completamente elétricos com a chancela da Chevrolet, incluindo uma picape e um crossover compacto, além de quatro outras novidades da divisão premium Cadillac com propulsão 100% elétrica.

Cadillac Lyriq
Cadillac Lyriq
Imagem: Divulgação

A GM está trabalhando em um ritmo frenético para reduzir o tempo de desenvolvimento desses novos veículos e anunciou a contratação de 3.000 engenheiros especializados em sistemas elétricos, software de infoentretenimento e controles, além de desenvolvedores para Java, Android, iOS e outras plataformas. A marca comemorou também o fato de que conseguiu projetar a GMC Hummer EV em apenas 26 meses, praticamente na metade dos 50 meses previstos. A empresa revelou que essa agora é a sua nova referência para o desenvolvimento dos próximos elétricos do grupo. 

Ponto importante também vai para os avanços que a GM e a LG Chem conseguiram para o conjunto de baterias que vão figurar nos próximos elétricos da fabricante. Em sua segunda geração, a tecnologia Ultium permitirá que os elétricos alcancem uma autonomia acima de 720 km com uma carga total.

Acima a nova plataforma para modelos elétricos da GM e o inédito sistema de bateria Ultium: autonomia estimada superior a 660 quilômetros
Acima as futuras plataformas para modelos elétricos da GM e a bateria Ultium
Imagem: Divulgação

Além de mais eficientes, as baterias de última geração ainda custam 60% a menos do que as utilizadas por muitos automóveis elétricos hoje em dia, o que permitirá a tão aguardada paridade de preços entre os futuros veículos elétricos com modelos equivalentes a combustão, uma importante etapa a ser vencida para ajudar na difusão da tecnologia. 

A GM ainda destaca que a plataforma Ultium de baterias é amplamente flexível e poderá integrar novos tipos de químicas ou até mesmo células sem que todo o conjunto precise ser revisto. 

Atualmente, aqui no Brasil, a Chevrolet oferece em algumas cidades o elétrico Bolt, que tem preço sugerido de R$ 246.000 e oferece autonomia na faixa de 416 km. Certamente alguns dos novos carros elétricos que estão no escopo da marca deverão chegar ao nosso mercado futuramente. Vamos acompanhar! 

Chevrolet Bolt 2020
Chevrolet Bolt 2020
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!
Tags