Greve paralisa fábrica da Hyundai em Piracicaba

Sindicato dos Metalúrgicos da região reivindicam aumento do piso salarial na unidade

Hyundai HB20: coreano nacional tem tudo para causar estragos nos rivais mais tradicionais | Imagem: Divulgação

A fila de espera pelo HB20, que em alguns casos já passa de quatro meses, poderá ficar ainda maior. A fábrica da Hyundai em Piracicaba, no interior de São Paulo, teve suas linhas de montagem paralisadas nessa terça-feira (12) após os operários da planta entrarem em greve – a unidade foi inaugurada na última sexta-feira (9).

Conforme divulgou o Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba, os trabalhadores da fábrica reivindicam a renegociação do piso salarial da fábrica, que ainda não foi totalmente acatado pela direção da montadora no País.

A primeira proposta de aumento, de 24,47%, que ampliaria o piso dos atuais R$ 1.287 para R$ 1.600, não foi aceita pelo Sindicato, que exige uma base mínima de R$ 1.800. Segundo a montadora, uma nova assembléia para negociação será realizada no final da tarde desta terça-feira. Enquanto isso a greve segue por tempo indeterminado.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!