A Honda anunciou no último dia 30 um recall mundial para os modelos Fit e City, que apresentavam a possibilidade de pegar fogo por conta de um defeito no interruptor dos vidros elétricos – uma possível penetração de umidade na peça poderia levar a um curto-circuito, que em casos extremos causaria um incêndio. Segundo a montadora japonesa, 646 mil veículos estão envolvidos, distribuídos por EUA, Europa, Ásia, África do Sul e as Américas do Norte e Sul. 

A dúvida se o chamado incluía as unidades brasileiras foi confirmada hoje (5) pela Honda. Mas ao contrário do que ocorre lá fora, os modelos nacionais com o defeito são da geração anterior do Fit, enquanto o City está fora do recall. A partir do próximo dia 10, proprietários de 186.902 exemplares do monovolume devem comparecer a qualquer concessionária da marca, onde seus carros ganharão uma proteção adicional no interruptor principal de comando dos vidros elétricos.

Segundo a Honda, o reparo deve ser agendado na concessionária escolhida pelo cliente e realizado até 10 de agosto. Mais informações pelo site ou Serviço de Atendimento ao Cliente da Honda: 0800 7013432.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Rodrigo Mora

|