Honda fará recall global de 200.000 carros

Fabricante diz que os veículos podem apresentar problemas nos motores. Civic poderá ser convocado no mercado brasileiro

Civic poderá passar por recall no Brasil | Imagem: divulgação

A cúpula da Honda Motors no Japão anunciou nesta segunda-feira (25) que fará um recall mundial envolvendo cerca de 200.000 automóveis de passeio. A fabricante afirma que os veículos podem apresentar defeitos em peças do sistema de arrefecimento, que se no caso de mau funcionamento podem comprometer a operação correta do motor, que nos casos mais graves pode apagar de forma repentina, aumentando o risco de acidentes.

Somente no Japão, a Honda fiz ter recebido 63 reclamações de clientes relatando o problema. Apesar da possibilidade, não foram registrados acidentes decorrentes do possível defeito. A marca diz que no país asiático mais de 50.000 unidades dos modelos Stream, Crossroad e Civic fabricados entre julho de 2008 e julho de 2010 terão de ser chamados para revisão.

A fabricante oriental ainda complementa o anúncio dizendo que outros 100.000 veículos Honda podem ser afetados na América do Sul e mais 6.800 exemplares na Europa, também por conta de possíveis inadequações no sistema de arrefecimento. Há também veículos a serem revisados no Oriente Médio e África. Já os Estados Unidos, um dos maiores mercados na marca, ficou de fora da ação mundial.

A divisão brasileira da Honda, porém, ainda não confirma a realização do recall no Brasil, onde pode haver a necessidade de revisar o sedã Civic. Em nota, a marca diz que “está analisando a situação das unidades do modelo New Civic produzidas em território nacional”. Assim que tiver uma posição da engenharia, a montadora informará sua posição sobre o assunto.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!