JAC lança furgão elétrico com custo de operação 7 vezes menor do que um rival diesel

Modelo, chamado E-JV 5.5, conta com autonomia para 300 km
JAC E-JV 5.5

JAC E-JV 5.5 | Imagem: Divulgação

Avançando em sua estratégia de eletrificar o portfólio comercializado no Brasil, os operadores da marca JAC no país anunciaram na semana passada o início da comercialização do 10º modelo totalmente elétrico da fabricante japonesa por aqui. 

Trata-se do furgão E-JV 5.5, que estreia com preço sugerido de R$ 314.990 e conta com autonomia na casa de 300 km.

Segundo a JAC Motors Brasil, apesar da comercialização do furgão já ter iniciado, as primeiras entregas ocorrerão somente a partir de novembro. 

Com porte intermediário, o JAC E-JV 5.5 poderá transportar 805 kg ou 5,5 m³ de cargas, contando com motor elétrico de 204 cv e torque instantâneo de 30,1 kgfm. 

JAC E-JV 5.5
JAC E-JV 5.5
Imagem: Divulgação

O grande apelo do E-JV 5.5, destaca a JAC Motors Brasil, será o seu baixo custo operacional, em torno de 7 vezes menor se comparado a um furgão de proposta equivalente movido a diesel. 

Para recarregar os 50,2 kWh, o proprietário do E-JV 5.5 vai gastar cerca de R$ 30, considerando o custo médio de energia elétrica no Estado de São Paulo, que é de R$ 0,60/kWh. Como o modelo da JAC percorre 300 km após esse investimento em uma recarga, a conta final é simples: R$ 0,10 (dez centavos) por km rodado. Agora apanhe o preço do óleo diesel: R$ 7,59, em média. Como as vans desse porte costumam fazer 10 km/l de diesel, isso gera um custo por km rodado de R$ 0,76 – sete vezes e meia mais alto”, explica a marca. 

JAC E-JV 5.5
JAC E-JV 5.5
Imagem: Divulgação

Ainda de acordo com a JAC Motors Brasil, por não ter itens que geram custos adicionais de manutenção, como embreagem, câmbio, bicos injetores, correias, além de não demandar troca de óleo ou filtros, o E-JV 5.5 conta com uma despesa de manutenção em torno de seis vezes menor do que os rivais térmicos. 

Além disso, no caso de empresas com vínculos fortes em relação à agenda ESG, é necessário ponderar o lado ambiental ao se optar por um veículo sem emissões, como é o caso do furgão elétrico da JAC. 

Uma van movida a diesel que rode, hoje, 40.000 km por ano, emite cerca de 20 toneladas de CO2 no período. São 200 toneladas para cada veículo num prazo de dez anos! A introdução dessa van 100% elétrica da JAC na frota das empresas de entregas urbanas consiste na anulação dessa gigantesca emissão de carbono”, analisa Sergio Habib, presidente do Grupo SHC e da JAC Motors Brasil. 

Entre seu catálogo de itens de série, o JAC E-JV 5.5 traz como destaques a central multimídia com câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro, rodas de alumínio aro 15”, ar-condicionado, direção assistida, trio elétrico, entre outros. 

JAC E-JV 5.5
JAC E-JV 5.5
Imagem: Divulgação