A migração dos consumidores para SUVs e picapes fez não só as gigantes norte-americanas Ford e GM abandonarem de vez o segmento de carros de passeio, como também motivou a Fiat Chrysler a ser ainda mais agressiva em sua re-estruturação fabril nos EUA.

O conglomerado anunciou nesta terça-feira (26) mais um grande investimento nos EUA para construir uma nova fábrica em Detroit e ampliar o número de modelos produzidos em outras 5 unidades espalhadas pelo Estado de Michigan. Segundo o comunicado da marca, serão US$ 4,5 bilhões aplicados na região, que resultará na criação de cerca de 6.500 empregos.

Falando sobre novos produtos, a Fiat Chrysler antecipou que uma parte desse investimento será para a produção de dois novos produtos da marca Jeep, os quais ajudarão a marca a completar alguns “espaços em branco” dentro de sua linha, ou seja, dar condições para que a Jeep atue em segmentos até então ignorados pela fabricante nos EUA.

Uma dessas novidades da Jeep, até onde a marca adiantou, será um SUV com três fileiras de assentos. A Jeep também vai ampliar sua quantidade de modelos eletrificados, ou seja, oferecer mais opções híbridas e elétricas, duas fortes demandas para os próximos anos. De acordo com Mike Manley, CEO da Fiat Chrysler, serão introduzidos ao menos 4 opções híbridas plug-in da Jeep no curto prazo.

Um dos futuros modelos inéditos da Jeep com 7 lugares deverá ser lançado no fim de 2020, sendo que também está nos planos da marca a introdução da nova geração do Jeep Grand Cherokee no começo de 2021. Também para 2021 está programada a chegada ao mercado local dos Jeep Wagoneer e Grand Wagoneer, que deverão se tornar os modelos mais luxuosos da Jeep. O Grand Wagoneer terá três fileiras de assentos, tipo de configuração que hoje responde por 60% das vendas de SUVs nos EUA, por isso é um dos produtos muito aguardados pelos concessionários locais.

Conforme já abordamos aqui no Autoo, em junho de 2018 a FCA apresentou vários detalhes sobre seu plano de longo prazo, o qual deixou claro o foco da marca Jeep para o segmento de SUVs com capacidade para 7 ou até 8 pessoas. Aqui no Brasil, por sua vez, muito se tem dito sobre um potencial Jeep Compass com 7 lugares, modelo que, considerando a ótima aceitação do VW Tiguan Allspace e a própria reputação que o Compass criou junto com os brasileiros, tem tudo para se tornar realidade.

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/