Los Angeles se torna sede americana da BYD

Marca chinesa venderá apenas modelos elétricos nos EUA. Minivan e6 e sedã estão nos planos

BYD e6 | Imagem: BYD

Los Angeles se tornou a sede norte-americana da chinesa BYD. A montadora, que é a maior empresa fornecedora de baterias de íon-lítio do mundo, abriu, com cerca de um ano de atraso, o seu escritório nos EUA e, a princípio, focará apenas em painéis solares, baterias, iluminação por LED e ônibus recarregáveis, mas até 2012 a empresa deve oferecer a minivan e6 e um sedã totalmente elétrico.

Além disso a marca chinesa também firmou uma parceria com a empresa Hertz, para fornecimento de ônibus elétricos que irá transportar clientes da companhia norte-americana no aeroporto internacional do estado.

O atraso na chegada da companhia aos EUA se deve ao fato que o mercado de carros elétricos não prosperou no país como a empresa havia previsto inicialmente. A nova sede da BYD gerou até o momento 20 novos postos de trabalho, mas a empresa pretende expandir esse número para 100 até o final de 2012 justamente para desenvolver produtos específicos para aquele mercado.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!