A “nova” MINI, a empresa que nasceu após o Grupo BMW assumir as rédeas da marca inglesa, atingiu nesta semana o total de 2 milhões de carros produzidos na planta de Oxford. Os alemães compraram a fabricante, então instalada em Longbridge, em 2001 e realizaram uma severa reestruturação da fabricante que resultou na criação do Cooper moderno.

O segundo milionésimo carro feito pela MINI chegou ao final da linha de montagem com festa. O evento teve a presença do primeiro ministro britânico David Cameron, que guiou a unidade dois milhões, no caso um Cooper Cabrio especialmente decorado para a ocasião.

De acordo com a BMW, 1,5 milhão dos carros da MINI produzidos nos últimos 10 anos foram exportados para mais de 90 países - a representação oficial da marca chegou ao Brasil em 2009. Nesse meio tempo, os alemães já investiram mais de R$ 4 bilhões para a criação da linha atual da fabricante britânica, que produz atualmente em Oxford o Cooper nas versões S, JCW, Cabrio e Clubman e o jipinho Countryman.

MINI Cooper Cabrio 2 Million
Divulgação

Mais de 1,5 milhão dos MINI produzidos em Oxford foram destinados ao mercado externo

Ainda neste ano a marca também iniciará as vendas do Coupé, seu próximo lançamento. Estão previstos também os lançamentos das versões definitivas dos conceitos Paceman e Roadster. Já o Cooper Cabrio comemorativo, com detalhes exclusivos na carroceria e no acabamento interno, servirá apenas para exposições.

Thiago Vinholes

|