Nissan supera marca de 100 mil carros vendidos no Brasil

É a primeira vez que a montadora atinge tal volume no Brasil; vendas subiram 49% em 2012

O sedã compacto da Nissan vem importado do México, isento do IPI elevado | Imagem: Luciano Falconi

A Nissan passou maus bocados em 2012 com o sistema de cotas de veículos importados do México, quando as vendas do March foram seriamente prejudicas. Mesmo assim, a divisão nacional da empresa japonesa tem motivos para comemorar ao final deste ano. Pela primeira vez, desde que se instalou no País em 2000, a montadora atingiu a marca de 100 mil unidades vendidas em um único ano – em 2011 a fabricante emplacou 67.280 veículos.

O crescimento de 49% registrado neste ano acompanha o plano de crescimento da Nissan no Brasil, que espera tomar uma fatia de 5% do mercado brasileiro até 2016.

O planejamento da montadora ainda contempla a inauguração de mais 83 pontos de vendas pelo País no prazo de três anos, chegando a 240 concessionárias.

A linha de veículos da Nissan do Brasil conta hoje com seis modelos. O March, embora importado do México, é o mais vendido e representa 32% das vendas da marca. O sedã Versa, também importado do país na América do Norte, vem em segundo lugar e responde por 18% do mix de vendas da montadora. A lista continua com a picape Frontier (com 17%), Livina (15%), Tiida (9%) e Sentra (8%).

Assine a newsletter semanal do AUTOO!