Nos EUA, ''irmãs'' da nova Chevrolet S10 têm a motorização definida

Próximas gerações da Chevrolet Colorado e GMC Canyon devem estrear neste ano
Nova Chevrolet S10: norte-americana Silverado é a inspiração para o modelo

Nova Chevrolet S10: norte-americana Silverado é a inspiração para o modelo | Imagem: Kleber Silva/KDesign AG

Na medida em que a data para a apresentação definitiva vai se aproximando e os testes de desenvolvimento vão chegando ao fim, novos detalhes sobre a próxima geração das norte-americanas Chevrolet Colorado e GMC Canyon vão sendo descobertos aos poucos. Vale a pena ficarmos de olho na dupla, uma vez que a renovação profunda para a nossa Chevrolet S10 seguirá de perto as evoluções de suas irmãs nos EUA. 

Um flagra bastante revelador divulgado em vídeo pelo GM Authority no domingo (16) nos permite antecipar algumas conclusões sobre a motorização das novas Colorado e Canyon, pelo menos para alguns mercados da América do Norte. 

Segundo relata o site especializado na GM e suas marcas, o som emitido pelo comboio de unidades de teste das picapes deixaram muito claro que elas contavam com o 2.7 turbo a gasolina sob o capô. 

Conhecido internamente pela sigla L3B, o propulsor em questão figura sob o capô de picapes full-size como a Chevrolet Silverado 1500 e a GMC Sierra 1500, nas quais entrega pouco mais de 310 cv de potência. 

A previsão, segundo apurou o GM Authority, é que o torque do L3B será aprimorado para figurar sob o capô das novas Colorado e Canyon, podendo gravitar na casa de 60 kgfm. Na maior parte dos veículos em que está presente, o propulsor em questão trabalha com a transmissão automática de 10 marchas. 

Motor único

Compacto e extremamente eficiente, como seus dados de potência e torque deixam claro, é provável que o 2.7 turbo será a única opção de motor para as novas Colorado e Canyon na América do Norte, substituindo os atuais propulsores 2.5 e 3.6 V6, ambos aspirados e a gasolina. A tendência é que o 2.8 Duramax turbodiesel também seja descontinuado no portfólio das picapes. 

Tanto a Colorado quanto a Canyon 2023, bem como a futura nova geração da Chevrolet S10 nacional, deverão preservar a plataforma atual (GMT 31XX), porém recebendo atualizações pontuais na arquitetura, mesma solução presente na nova geração da Ford Ranger

Ponto importante é que as três picapes irmãs deverão ser beneficiadas pelo uso de uma das arquiteturas elétricas mais sofisticadas da GM. Chamada Global B, ela permitirá a integração de vários sistemas avançados de assistentes de condução, novos recursos de conectividade e atualização via internet no formato over-the-air. 

O comboio flagrado nos EUA também sugere que a GM vai preparar uma série de configurações diferenciadas para as picapes médias comercializadas por lá, tais como as opções Colorado ZR2 além da inédita Canyon AT4X. 

Nova S10

Considerando que a nova Ford Ranger foi apresentada na Europa com um leque de motores mais eficientes, incluindo o 2.0 diesel sobrealimentado, é bastante plausível assumir que a GM poderá equipar a nova Chevrolet S10 nacional com um propulsor em linha com o que há de mais avançado no segmento. Nos resta saber se o interessante 2.7 turbo a gasolina estaria nos planos por aqui. 

Ao contrário dos mercados norte-americanos, a questão do propulsor diesel ainda é algo mandatório no segmento de picapes médias, portanto a GM deverá estudar algo nessa linha. 

Entre as atuais picapes médias comercializadas no Brasil hoje em dia, tanto a Nissan Frontier quanto a VW Amarok (em versões para uso comercial) apostam em motores diesel de menor deslocamento, porém com alta relevância da sobrealimentação para entregar números favoráveis de potência e torque. 

Como a nova Ranger fará sua estreia no Brasil em 2023, mesmo ano em que as novas Chevrolet Colorado e GMC Canyon deverão chegar às concessionárias nos EUA, é provável que a próxima geração da Chevrolet S10 seja revelada por aqui apenas em 2024.