Nos EUA, Jeep resgatará nome clássico em série especial para o Renegade

Com muita bagagem histórica, marca de veículos aventureiros deverá trazer mais um nome antigo como série especial
Acima o Jeep Renegade Trailhawk 2020 vendido nos EUA

Acima o Jeep Renegade Trailhawk 2020 vendido nos EUA | Imagem: Divulgação

O Jeep Renegade é um fenômeno de vendas no Brasil, sucesso rivalizado apenas pelo Compass. Mas, você sabia que o nome Renegade era uma versão do antigo Jeep CJ-5 de 1970? Com tanta história na bagagem, a Jeep pode estar prestes a resgatar mais um nome, mas com o caminho inverso.

Ao contrário do Renegade, que era uma versão e virou um carro, a Jeep pensa em trazer de volta o nome Jeepster, que era um carro, como uma nova opção para o Renegade norte-americano. As informações são do Mopar Insiders, que teve acesso à lista de equipamentos dessa novidade nos EUA.

Para os que não lembram, o Jeepster foi lançado ainda em 1948, como uma versão menos utilitária e mais luxuosa dos primeiros modelos civis dos Willys Jeep, da família CJ. O conversível ficou em produção até 1950, mas retornou como Jeepster Commando em 1966, ficando em linha mais uma vez até 1973.

Apesar da riquíssima história desse modelo até certo ponto bizarro, pois unia essencialmente uma Rural Willys com um conversível, o nome Jeepster não será nada mais do que uma série especial para o Jeep Renegade, focando em oferecer diversos opcionais como itens de série a um valor mais em conta do que se adquiridos separadamente.

Assim, este novo Jeep Renegade Jeepster, baseado na versão de entrada Sport, trará de fábrica equipamentos como rodas de 19 com pintura escura, grade em preto brilhante e adesivos alusivos à série especial nas portas. Por dentro, acrescentará costura contrastante aos bancos de tecido, acabamentos metalizados para os alto-falantes, multimídia UConnect 4 com tela de 7 polegadas, Android Auto e Apple Car Play e chave presencial.

Em termos de motorização, ele trará um conhecido dos brasileiros: o Tigershark 2.4 da nossa Toro. Nos EUA e para o Renegade, esse propulsor entrega 182 cv de potência e 24,2 kgfm de torque. O único câmbio disponível é automático de nove marchas, mas a tração poderá ser dianteira ou 4x4. O Renegade Sport de entrada, já automático e com motor 2.4, custa US$ 22.620 (cerca de R$ 129,5 mil), enquanto o Kit Jeepster acrescentará US$ 1.895 (R$ 10,5 mil).

Acima o Jeep Renegade Trailhawk 2020 vendido nos EUA
Acima o Jeep Renegade Trailhawk 2020 vendido nos EUA
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!