Recuperada da crise, a Opel retoma seu cronograma de lançamentos, ainda atrasado. Depois do novo Astra e da nova Meriva agora é a vez da minivan Zafira. A nova geração está no final da fase de desenvolvimento e deve estrear no mercado europeu no final do ano - antes disso, ela surgirá no Salão de Frankfurt, em setembro.

As primeiras imagens de um protótipo foram conseguidas pelo site Carscoop e mostram que o modelo seguirá à risca o design do Astra: linhas elegantes, mas conservadoras. A única surpresa até agora é o para-brisa alongado até parte do teto, uma invenção da rival C4 Picasso, da Citroën. Por outro lado, a Opel preferir não adotar as portas traseiras suicidas, introduzida na nova Meriva e que são abertas ao contrário das convecionais. O funcionamento facilita o acesso, sobretudo de crianças, mas causa um certo temor nos clientes. Segundo relatos, a minivan de sete lugares cresceu para oferecer mais espaço já que a atual geração é considerada apertada na 3ª fileira de assentos.

Dois em um

Assim como ocorreu na época do lançamento da Zafira de segunda geração, o Brasil não acompanhará a mudança. Até hoje é fabricada aqui a primeira geração, lançada em 2001. Mas um substituto está a caminho. É o projeto PM7, uma minivan mais simples, derivada do médio Cruze e que terá duas versões, uma com 5 lugares, e outra alongada, com 7 lugares. O objetivo é tirar de linha tanto a atual Zafira quanto a Meriva nacional. A expectativa é que isso ocorra em 2012.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/