Nova geração do C4 Cactus deve estrear em 2020 na Europa e terá opção elétrica

Novidade deverá se posicionar como o primeiro elétrico de grande volume da marca
Acima o Citroën C4 Cactus europeu: por lá o modelo é considerado um hatch médio

Acima o Citroën C4 Cactus europeu: por lá o modelo é considerado um hatch médio | Imagem: Divulgação

A CEO global da marca Citroën, Linda Jackson, concedeu uma interessante entrevista para o Automotive News Europe. Na conversa, a executiva revelou alguns detalhes importantes envolvendo o C4 Cactus.

Segundo a CEO, a próxima geração do modelo deverá contar com uma versão totalmente elétrica. A novidade para a segunda geração do C4 Cactus deverá fazer do modelo o primeiro carro elétrico da marca para as "massas", ou seja, previsto para contar com um volume maior de vendas.

A partir de 2020, a Citroën também começa um amplo movimento para eletrificar sua gama de modelos, incluindo versões híbridas plug-in e 100% elétricas. “Por volta de 2025, toda a nossa gama contará com versões eletrificadas”, afirmou Jackson ao periódico europeu.

O sucessor do C4 Cactus contará com uma versão estendida da plataforma CMP, a mesma adotada pelos novos Peugeot 208, Opel Corsa, DS 3 Crossback e o também renovado Peugeot 2008. Versátil, a arquitetura destinada à modelos compactos pode acomodar tanto propulsores a combustão como conjuntos mecânicos elétricos.

Vale a pena destacar que, na Europa, o C4 Cactus é posicionado como um hatch médio desde seu último facelift por lá em 2017. Com isso, algumas notícias de bastidores especulam que a Citroën poderá chamar o sucessor do modelo apenas de C4.

Aqui no Brasil, onde é comercializado como um SUV compacto, o C4 Cactus foi lançado em 2018 e atualmente é o carro mais vendido da Citroën no país.

Acima o Citroën C4 Cactus vendido na Europa
Acima o Citroën C4 Cactus vendido na Europa
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!