Nova geração do Chevrolet Tracker chega ao mercado no fim de fevereiro

Concessionárias antecipam a informação a potenciais clientes, mas não adiantam preços
Acima o Chevrolet Tracker Redline lançado em maio deste ano na China

Acima o Chevrolet Tracker Redline lançado em maio deste ano na China | Imagem: Divulgação

A Chevrolet já havia antecipado que 2020 será o seu “ano dos SUVs”, inclusive prometendo o primeiro lançamento para este semestre.

Como o Autoo antecipou no mês passado, todas as circunstâncias levavam a crer que trata-se da nova geração do Tracker, modelo produzido em São Caetano do Sul (SP) e que foi desenvolvido dentro da mesma família dos também recentes Onix e Onix Plus.

Após diversos flagras do modelo pelas cercanias da sede da Chevrolet, entramos em contato com algumas concessionárias da fabricante na capital paulista que nos confirmaram: o SUV completamente renovado chega ao mercado no fim de fevereiro. Preços da novidade, contudo, só deverão ser conhecidos em uma data mais próxima da apresentação definitiva do SUV.

Para quem considera a compra de um SUV compacto, o Tracker é um modelo que vale a pena a espera, em especial após a Chevrolet surpreender com o custo-benefício bastante agressivo com o qual introduziu a dupla Onix e Onix Plus. A receita provou ser campeã uma vez que não só manteve o hatch na dianteira do ranking de vendas do Brasil como posicionou o sedan na segunda posição entre os carros mais emplacados de nosso mercado em dezembro, um feito sem dúvida muito relevante.

A previsão é que o novo Tracker 2021 ganhe o mercado brasileiro em seis versões, sendo duas com motor 1.0 turbo (câmbio manual ou automático) e outras quatro com o propulsor derivado 1.2 turbo, esta trabalhando somente com a transmissão automática de 6 marchas.

Flagra do novo Tracker 2021 realizado pela equipe do Autoo
Flagra do novo Tracker 2021 realizado pela equipe do Autoo
Imagem: Autoo

Assine a newsletter semanal do AUTOO!