Nova geração do Peugeot 208 já tem previsão de estreia na região

Hatch será fabricado na Argentina e, por lá, a data prevista para o início da comercialização ficou para agosto
Acima a nova geração do Peugeot 208

Acima a nova geração do Peugeot 208 | Imagem: Divulgação

Depois de ser uma das primeiras montadoras a reabrir suas concessionárias na Argentina após o agravamento da pandemia do novo coronavírus, o Grupo PSA (Peugeot-Citroën) deverá ser a primeira empresa daquele país a retomar as atividades de fabricação de automóveis com um veículo inédito por lá, produzido em El Palomar.

De acordo com o Argentina Autoblog, a PSA já tinha tudo pronto para iniciar a produção da nova geração do Peugeot 208 no país antes da crise causada pela Covid-19 ter forçado a suspensão das atividades fabris nas linhas de montagens do grupo naquele país. No entanto, apesar do atraso, os planos da Peugeot agora são de retomar a produção da novidade em 26 de maio, enquanto a apresentação oficial e o início das vendas do hatch na Argentina devem acontecer em agosto. É muito provável que o lançamento aqui no Brasil ocorra na mesma época. 

Hoje, poucas fábricas do setor automotivo estão operando no país vizinho. Entre as que estão na ativa, todas até agora tinham a produção voltada para exportação, como é o caso da Scania em Tucumán e da Volkswagen em Córdoba. A ideia da Peugeot é primeiramente de abastecer os mercados externos com o novo 208, mas o modelo também deverá ser vendido na Argentina.

Para isso, a PSA precisará conseguir uma autorização especial do governo de lá para não seguir a quarentena imposta aos setores industriais. Mas os executivos da Peugeot afirmam que já tomaram uma série de medidas de segurança sanitária para seus funcionários, além de terem expandido sua atuação virtual para convencerem as autoridades argentinas.

O novo Peugeot 208: o que sabemos?

O hatch já foi flagrado em testes na Argentina e traz a mesma plataforma da nova geração do Opel Corsa europeu. Com a sua entrada, o atual 208 feito no Brasil será descontinuado e sua produção já teria sido encerrada, excluindo a possibilidade de que o carro antigo atuasse como uma opção de entrada por alguns meses.

O Peugeot 208 que será fabricado na Argentina traz alguns detalhes que são diferentes no modelo europeu e mostram certas economias de custo para viabilizar a produção na América Latina. Por exemplo, a alavanca de câmbio do 208 europeu é digital e similar com a utilizada no Peugeot 3008, enquanto o carro flagrado na Argentina trazia uma alavanca mecânica convencional para a transmissão automática. Outra mudança é o freio de estacionamento. De acionamento elétrico na Europa, traz uma alavanca mecânica nas unidades que serão vendidas por aqui.

Acima a nova geração do Peugeot 208
Acima a nova geração do Peugeot 208
Imagem: Divulgação