Novo Chevrolet Spark poderia ser substituto do Celta

Nova geração do compacto da Chevrolet chega à Europa em abril e deve usar base do Karl e motor três cilindros de 75 cavalos

Teaser da próxima geração do Chevrolet Spark | Imagem: Divulgação

Enquanto a divisão nacional da Chevrolet ainda dá passos curtos no desenvolvimento do substituto do avelhantado Celta, lá fora a montadora já se prepara para apresentar a nova geração do Spark, que poderia ser um bom representante para o segmento de modelos de entrada no Brasil. Nesta semana, a empresa divulgou o primeiro teaser do novo hatch e confirmou sua estreia mundial para o dia 2 de abril, durante os salões de Seul e Nova Iorque.

O novo Chevrolet Spark vai seguir a mesma linha de design dos recentes lançamentos da marca, com direito a faróis mais espichados e a característica grade bipartida, mas neste caso com a parte inferior um pouco maior, pegando toda a porção central do para-choque, já que desempenha também a função de suporte de placa. Nas laterais, o modelo conta com vincos marcantes e mantém as maçanetas traseiras camufladas na coluna dos vidros.

Especificações técnicas a respeito do Spark, no entanto, não foram divulgadas pela Chevrolet. Mas sabe-se que o próximo modelo será baseado no primo Karl, da Opel, com direito a 3,6 metros e 2,8 m de distância entre-eixos. Com isso, a capacidade do porta-malas com os bancos traseiros rebatidos deverá ser de aproximadamente 1.000 litros.

Se seguir a linha do Opel, o Chevrolet será equipado com um motor 1.0 litro de três cilindros, capaz de render 75 cavalos, associado a um câmbio manual de cinco marchas. O hatch alemão pesa 939 kg e oferece consumo médio de 23,2 km/l, emitindo 99 g/km de CO2, segundo a marca.

Nos equipamentos, seguindo a linha dos demais compactos oferecidos na Europa, haverá teto solar, bancos dianteiros e volante com aquecimento, sistema de entretenimento, controle de cruzeiro e assistente de estacionamentos.

Demais detalhes serão revelados durante seu lançamento.