Novo Fiat Palio estréia no início de novembro

Modelo compacto será o presente da Fiat em seu próprio aniversário de 35 anos no Brasil

O novo Palio 2013 na cor vermelha | Imagem: Leonardo Andrade

Deixou de ser segredo há muito tempo que a Fiat reformularia o Palio por inteiro. O modelo, que foi lançado em 1996, utiliza a mesma base há 14 anos e ganhou apenas reestilizações em 2001, 2003 e 2007 para acompanhar o mercado. Agora, depois de tanta especulação, flagras e projeções, a Fiat irá lançar a 2ª geração do carro entre os dias 04 e 06 de novembro.

A marca prepara um mega-evento em sua sede, em Betim, MG, pois além de comemorar o lançamento do carro, em 2011 ela completa 35 anos no Brasil. Conforme antecipamos em projeções, o novo Palio será uma espécie de mini-Punto, com detalhes do Uno e até do 500.

Em forma de inspiração, vieram do compacto premium os faróis em forma de gota, a linha de cintura alta, o formato das janelas nas portas dianteiras, o vinco marcante na altura das maçanetas, as lanternas traseiras e o formato da carroceria. Do irmão menor veio a tomada de ar no para-choque dianteiro, o formato das janelas traseiras, que possuem uma espécie de janela espiã e o “quadrado-arredondado”  em relevo existente na lataria da tampa do porta-malas. Do carrinho retrô, que passou a ser importado do México, veio o bigodinho cromado que ostenta o logo da Fiat.

No interior, o novo modelo tem mais afinidade com os componentes do Uno, mas existem alguns itens cedidos pelo Punto, como os botões de controle do computador de bordo que fica abaixo da saída do ar do lado esquerdo do motorista. Volante, sistema de áudio double din, painel das portas e alguns outros componentes merecem destaque, pois são realmente inéditos.

O novo Palio terá de início os motores Fire 1.4 8V na versão Attractive e E.torQ 1.6 16V na versão Essence sempre acoplados a uma transmissão manual ou automatizada Dualogic de 5 marchas. O motor Fire 1.0 ficará reservado para a versão Fire Economy com carroceria atual, pelo menos por enquanto.

A Fiat está ansiosa para lançar a nova geração do Palio no mercado, e não é só para concorrer aos prêmios de carro do ano como candidato favorito, e sim porque desde que seu irmão Uno foi lançado, em abril de 2010, o modelo despencou no ranking de vendas. Em 2009 o Palio vendeu 203.736 unidades, já durante esse ano o modelo acumula 73.307 unidades e se continuar no mesmo ritmo de vendas fechará 2011 na casa dos 100 mil veículos. Para efeito de comparação, o Uno já vendeu entre janeiro e setembro deste ano 205.439 unidades.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!