A Ford lançou esta semana na Inglaterra o novo Fiesta com câmbio automático. A opção, que lá responde por 10% das vendas, estará disponível na versão 1.4 litro.

A marca não diz quantas marchas o câmbio Durashift possui, porém, há opção de trocas seqüenciais. Interessante notar que a Ford tenha optado por uma transmissão automática tradicional, que consome mais combustível e é mais cara – alguns rivais já preferem os câmbios manuais automatizados ou, então, evoluem para opção de dupla embreagem.

Com esse câmbio, o Fiesta 1.4 acelera de 0 a 100 km/h em 13,9 segundos e emite 154 g de CO por km, preocupação mais do que presente nos novos modelos europeus.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/