Novo Ford Fusion flex estreia dia 25

Nova versão SE com motor 2.5 Duratec custará entre R$ 80 mil e R$ 90 mil

O Fusion Flex será importado do México | Imagem: Ford

A Ford do Brasil marcou para o dia 25 de fevereiro o evento de estreia do novo Fusion pela primeira vez com motorização flex. O sedã nessa configuração mecânica, que inclui ainda câmbio automático e tração dianteira, será oferecido somente na versão de acabamento SE, que nos Estados Unidos é a linha intermediária da série.

A montadora ainda não fala em preços do carro para o mercado nacional, mas conforme apurou o AUTOO o Fusion Flex deve passear pela faixa entre R$ 80 mil e R$ 90 mil – o modelo atualmente é oferecido somente na versão 2.0 Titanium por R$ 112.990.

O motor do sedã é o 2.5 Duratec, o mesmo aplicado na nova geração da picape Ranger, que também ganhou capacidade bicombustível. Na camionete, esse mesmo bloco desenvolve até 173 cv e 24,7 kgfm de torque máximo quando abastecido 100% com etanol. A montadora ainda não confirma se haverá mudança no desempenho do propulsor para o Fusion Flex.

Avaliação: Novo Fusion só mantém nome e origem

Além de menos potência – o Fusion 2.0 turbo rende 240 cv -, o Fusion flex também deve perder alguns dos principais equipamentos da versão top de linha, como o Lane Keeping, assistente que auxilia o motorista a sempre manter o carro na faixa, e o ACC, o controle de velocidade de cruzeiro adaptativo.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!