Novo Porsche Panamera híbrido pode ser recarregado na tomada

Além da versão S E-Hybrid, marca também apresenta linha Executive e novo motor 3.0 V6 biturbo

Porsche apresenta seu primeiro híbrido plug-in | Imagem: Divulgação

A Porsche guardou uma grande novidade para o Salão Automóvel de Xangai, que abre as as portas no dia 21 de abril, na China. Trata-se do Panamera S E-Hybrid, o primeiro veículo híbrido plug-in da marca, ou seja, cujas baterias podem ser recarregadas em tomadas elétricas convencionais. Além disso, a montadora também anunciou a chegada do Panamera Executive, mais luxuoso, e o novo motor 3.0 V6 biturbo.

O Panamera S E-Hybrid é equipado com esse motor, de 316 cv, além do elétrico com mais 95 cv. Nesta configuração, a potência combinada é de 410 cv.

Em modo completamente elétrico, a o Panamera híbrido pode rodar 35 km a uma velocidade máxima de até 135 km/h. Já com os motores combinados, o híbrido atinge 270 km/h e, segundo a Porsche, vai do zero aos 100 km/h em 5,5 segundos. Mesmo com tanta potência, o consumo médio divulgado pela marca é baixo, de aproximadamente 32 km/l.

A fabricante ainda afirma que o impulso gerado pelo motor elétrico ajuda o motor a combustão nas arrancadas e pode ser ativado, por exemplo, em ultrapassagens. Quando ligado a uma rede de fornecimento industrial, o veículo pode ser carregado em cerca de duas horas e meia, e, quando conectado a uma tomada elétrica convencional o processo leva quatro horas.

Veja mais: Os carros ecológicos à venda no Brasil

Mudanças no visual

O novo Panamera apresenta linhas mais curtas e proeminentes na dianteira, tem o para-brisa mais recuado e a tampa do porta-malas foi redesenhada. A parte traseira também foi revista e ganhou um spoiler maior, detalhe que deixou o carro com um estilo mais esportivo.

Mais novidades

A marca ainda desenvolveu um novo motor baseado no conceito de downsizing: o 3.0 V6 com dois turbocompressores. As versões 4 e 4S trocaram o antigo 4.8 V8 pelo novo V6, que entrega 19 cv a mais e 1,93 kgfm de torque, chegando a 53,1 kgfm. A Porsche lança ainda as versões Executive para o Panamera Turbo e 4S, que ficaram mais luxuosas com uma extensa gama de recursos tecnológicos e suspensão pneumática.  Dentre as novidades, há dois assentos independentes atrás graças ao aumento de 15 mm no comprimento da plataforma.

Chega quando?

Os preços serão divulgados apenas em julho, quando iniciam as vendas na Alemanha. No entanto, estima-se que o Panamera 2014  na versão top de linha Turbo Executive chegue a 163.364 euros, o que equivale a R$ 423.000 sem a inclusão dos impostos.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!