Novo Renault Alpine surge antes da hora

Conceito dará origem a esportivo e será apresentado durante o GP de Mônaco

Renault Alpine A110-50 | Imagem: Reprodução

Boatos correm na mídia que a marca francesa Alpine, extinta a quase 20 anos, pode ressurgir em breve. Prova disso é que a Renault mostrará no Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1 o Alpine A110-50, conceito que servirá para medir a reação do público sobre um possível esportivo francês da marca até então extinta.

De acordo com o site Caradisiac, que também vazou a primeira foto do carro, o esportivo terá um motor 3.5 V6 de 400 cv, o mesmo do Nissan 370Z. Além disso, seu desenho será baseado no conceito DeZir, apresentado no Salão de Paris em 2010.

Leia também: Renault lança Fluence Sport, na Argentina

O Renault Alpine A110-50 é uma homenagem ao A110, também conhecido como Berlinette, lançado pela Alpine há exatos 50 anos e produzido até 1977.

Performance francesa

A Alpine surgiu após a Segunda Guerra Mundial como preparadora de modelos Renault, principalmente o 4CV, para participar de corridas. A marca ficou famosa por ganhar competições como, por exemplo, as Mil Milhas dos Alpes.

Em 1955, ela lançou seu primeiro veículo de passeio, o cupê A106 e, além disso, foi uma das primeiras marcas a construir carrocerias em fibra de vidro. Sua vida, no entanto, foi curta. O último modelo produzido pela Alpine foi o A610, cuja produção foi encerrada em 1995.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!