Novo Toyota Corolla fica mais conservador no Japão

Em sua 11ª geração, sedã mantém traços sérios e não vem para o Brasil

Novo Toyota Axio | Imagem: Divulgação

Muitos concordarão que o Toyota Corolla, mesmo depois das últimas mudanças, continua com um visual pouco arrojado. O sedã é claramente voltado para pessoas mais conservadoras que preferem optar pela linearidade das marcas japonesas (pode-se dizer que o mesmo acontece com o novo Honda Civic). Mas, esse “problema” não afeta apenas o público brasileiro.

A Toyota revelou nesta sexta-feira (11) no Japão, as primeiras fotos oficiais da 11ª geração do Corolla (chamado de Axio naquele país) nas versões sedã e Fielder (extinta aqui desde 2008). O modelo não virá para o Brasil.

Veja mais: Toyota Corolla foi o carro mais vendido do mundo em 2011

Apresentados na inauguração da fábrica de Miyagi, os modelos serão equipados com câmbio manual ou automático do tipo CVT (continuamente variável), além de contar com uma nova gama de motores de 1.3, 1.5 e 1.8 litro.

Visual nada ocidental

As novas formas do Corolla ficaram extremamente conservadoras. São poucas as curvas nas laterais e o conjunto óptico – tanto frontal quanto traseiro – transmite uma sensação de “carro simples”. O único ponto mais jovial talvez seja a nova frente, com grade cromada e dois vincos no capô.

O interior do sedã também manteve a mesma sobriedade conhecida no Brasil, porém, segundo as fotos da montadora, a qualidade dos plásticos parece ter melhorado bastante na versão oriental do Corolla. Por lá, o carro tem um valor inicial equivalente a R$ 17.000 e pode alcançar R$ 32.300.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!