A fan page Ferd divulgou um flagra bem interessante: trata-se da próxima geração do Volkswagen Jetta, que pelo cronograma de próximas novidades da marca revelado recentemente deverá estrear nos EUA em dezembro deste ano como linha 2018.

A chegada no Brasil deverá ocorrer talvez no primeiro semestre de 2018, já que parte da produção do Jetta ainda é importada e o modelo precisa de uma atualização para conquistar clientes de olho nos mais modernos Chevrolet Cruze e no Honda Civic em sua décima geração.

Apesar do bom conjunto mecânico que ostenta no momento, composto pelos motores 1.4 e 2.0, ambos com turbo e injeção direta, além do ótimo comportamento dinâmico, o Jetta clama por um interior mais moderno apesar do bom espaço que entrega para 4 adultos além do porta-malas generoso. Confira nosso teste do Jetta atual. 

Como podemos ver na imagens, algo que chama a atenção é que o Jetta deverá crescer no comprimento e na largura, algo que deverá ser proporcionado até mesmo pela chegada do Virtus ocupando o nicho entre os sedãs compactos e médios ao menos no mercado brasileiro. A sensação de maior porte para o futuro Jetta 2018 é realçada pela grade dianteira bem destacada e que se estende até quase a lateral do carro. As lanternas, pelo menos do carro nas fotos, ainda não nos parecem definitivas já que trata-se de um veículo para testes. 

Também podemos apostar em uma boa evolução para o Jetta no que diz respeito à eletrônica embarcada e a oferta de sistemas interessantes como o assistente de estacionamento, alerta de colisão, dentre outros. O Chevrolet Cruze em sua versão LTZ completa oferece esses itens e tornaria o sedã da VW ainda mais competitivo.

Atualmente o Jetta conta com preços entre R$ 80.741 na versão Trendline manua de 6 marchas até R$ 108.248 na opção topo de linha Highline com o aclamado 2.0 TSI de 211 cv trabalhando em conjunto com a transmissão de dupla embreagem e 6 marchas. Uma das versões mais competitivas atualmente do Jetta, contudo, é a intermediária Comfortline, com o bom motor 1.4 TSI e câmbio automático de 6 marchas por R$ 93.936, faixa de preço que é mais disputada hoje entre os sedãs médios.

É bem possível que o Jetta continue atuando em uma faixa de valores semelhante à atual até mesmo para manter-se competitivo no segmento. É bem possível que ele mantenha o motor 2.0 turbo em sua versão mais cara, possivelmente agora com 220 cv como já é aplicado no Volkswagen Golf GTI e será na nova geração do Volkswagen Tiguan que desembarca por aqui também em 2018. O motor 1.4 TSI deverá seguir como opção em especial porque é montado no Brasil, mas também devemos manter o 1.5 TSI EVO como uma alternativa bem interessante.

 
 
Flagra da provável nova geração do Volkswagen Jetta
 
Flagra da provável nova geração do Volkswagen Jetta
Flagra da provável nova geração do Volkswagen Jetta
Flagra da provável nova geração do Volkswagen Jetta
 
Flagra da provável nova geração do Volkswagen Jetta
Flagra da provável nova geração do Volkswagen Jetta
 
 
César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |

Veja mais notícias da marca