Os índices alarmantes de criminalidade continuam crescendo, assim como o consumo de carros de luxo. Logo, o número de automóveis blindados também sobe: 3.720 de janeiro a junho deste ano, contra 3.432 em igual período de 2010. Os dados são da Abrablin – Associação Brasileira de Blindagem.

Os automóveis que mais recebem a proteção balística são os de luxo (em especial os importados). Neste ano, o Volkswagen Tiguan desbancou o Corolla como o veículo mais blindado – o sedã da Toyota era o campeão de blindagens desde 2004. Na sequencia, aparecem Volvo XC60, Hyundai SantaFe, Land Rover Discovery e Hyundai Azera. O custo médio de uma blindagem no primeiro semestre de 2011, segundo a Abrablin, foi de R$ 48.150.

Entre as cidades, São Paulo é disparada a que mais blinda. No total, ela detém 80% dos veículos altamente protegidos, contra 10% do Rio de Janeiro,  2% de Pernambuco e 2% do Paraná. Ainda de acordo com a Abrablin, a lista de clientes das blindadoras é composta por executivos/empresários (85%), artistas (3%), juízes (3%) e políticos (2%).

No ano passado, a blindagem de automóveis foi recorde, com 7.332 veículos protegidos balisticamente.

Rodrigo Mora

|

Veja mais notícias da marca