O carro atômico da Ford

Na década de 1950 a marca já pensava em um modelo movido a energia nuclear
Ford Nucleon

Ford Nucleon | Imagem: Divulgação

Até que dá para se dizer que hoje temos um bom leque de opções no que diz respeito a propulsão dos automóveis modernos. Temos motores a gasolina, flex, elétricos. Isso sem contar os carros híbridos e até mesmo os movidos a célula de combustível. Mas e se eu te falar que a Ford já tentou criar, pelo menos um estudo, de como seria um carro movido a energia nuclear?

Pois é, a marca americana tentou apresentar ao público como seria um carro desse tipo e, por incrível que pareça, lançou a ideia em 1958 ao revelar o conceito Nucleon, que você confere na foto acima.

O carro era um modelo em escala e, segundo a Ford, para se tornar viável também dependeria que os reatores de fissão nuclear também ficassem menores para caber na parte de traseira do veículo.

Assim como ocorre nos submarinos nucleares, o Ford Nucleon contava com um motor movido a vapor, que era gerado pela fissão de Urânio.

Quem quiser conhecer de perto o Ford Nucleon, o Henry Ford Museum, localizado em Michigan (EUA), ainda conta com uma unidade do modelo. Quem sabe, no futuro, ele inspire algum produto que consiga rodar por nossas ruas...

Assine a newsletter semanal do AUTOO!