Opção para famílias numerosas, Chevrolet Spin terá sucessor, adianta site

Modelo familiar é uma das raras opções 7 lugares por menos de R$ 100 mil
Chevrolet Spin 2019

Chevrolet Spin 2019 | Imagem: Divulgação

O Chevrolet Spin sempre foi um modelo polêmico aqui no Brasil. Lançado em julho de 2012 como sucessor de Meriva e Zafira em nosso mercado, o modelo oferecia um projeto muito mais simples – com foco no baixo preço – em relação à dupla de minivans comercializada aqui. O design também foi alvo de muitas críticas à época de sua estreia, mas acabou ficando mais aceitável com a re-estilização promovida em maio de 2019, inaugurando a linha 2020 do Spin.

Se está longe de ser um carro imune à críticas, é inegável que hoje o Chevrolet Spin conta com um grande trunfo: ele é o único automóvel no mercado a oferecer câmbio automático e 7 lugares por menos de R$ 100 mil. A Fiat ainda mantém em linha o Doblò, que custa assustadores R$ 93.990, mas é oferecido em configuração mecânica única, com motor 1.8 16V e transmissão manual de 5 marchas.

E é com foco nas famílias que demandam mais espaço – bem como taxistas e frotistas que trabalham com transporte de passageiros – que a Chevrolet prepara um sucessor para o Spin aqui no Brasil, segundo informações apuradas pelo UOL Carros.

Hoje o Chevrolet Spin ainda conta com números de venda consideráveis no Brasil, sinal de que sua proposta ainda encontra uma base considerável de consumidores, portanto investir no modelo é algo bastante justificável.

De acordo com o portal, o sucessor do Spin será mais um projeto-irmão dos novos Onix e Onix Plus, portanto podemos esperar um modelo com custo-benefício bastante agressivo, assim como notamos no hatch e no sedan. Resta saber se a nova Spin manterá a proposta monovolume ou a Chevrolet vai aproximá-la de um crossover/SUV, carroceria tão em voga hoje em dia.

De qualquer, certamente a segunda geração do Spin deverá preservar a opção dos 7 lugares e compartilhar com os renovados Onix, Onix Plus e Tracker o catálogo de motores. Estamos falando do 1.0 turbo e do 1.2 também sobrealimentado, que vai estrear no novo Tracker a partir do começo de 2020. Para um modelo maior e com mais capacidade de carga como o Spin, certamente motores com mais potência e torque como é o caso são desejáveis.

Outro ponto mencionado pelo UOL Carros é a atualização da Chevrolet Montana, tópico também abordado pelo Autoo em outras reportagens. Como mencionamos, a previsão é que o modelo cresça ligeiramente em termos de tamanho, passando a disputar mercado com Fiat Toro e Renault Duster Oroch, categoria que deverá ganhar cada vez mais representantes.

Ainda não há previsão de lançamento tanto para o sucessor do Spin como da Montana, mas até 2022 a previsão é que a gama Chevrolet oferecida no Brasil já esteja completamente renovada, portanto não vai levar muito tempo para conhecermos as duas novidades.

Chevrolet Spin 2019
Chevrolet Spin 2019
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!