Peugeot revela o 'monstro' que vai competir no Rally Dakar 2015

Após 25 anos fora das competições, Peugeot volta ao rali com o 2008 DKR, uma versão endiabrada do 2008

O 2008 DKR é fruto de uma parceria da montadora francesa com a Red Bull e a empresa de lubrificantes Total | Imagem: Divulgação

Após anunciar que voltaria a disputar e edição de 2015 do Rally Dakar - depois de 25 anos afastada das competições -, a Peugeot revela as primeiras imagens do carro que representará a equipe, o 2008 DKR, fruto de uma parceria da montadora francesa com a Red Bull e a empresa de lubrificantes Total.

É difícil achar alguma semelhança do modelo com o crossover original. Este "monstro" de formas musculosas ganhou aparência agressiva e recebeu diversas alterações técnicas para cumprir com louvor os desafios do rali. “Fornecemos ao Centro de Estilo Peugeot as dimensões básicas, assim como outras informações relacionadas ao espaço da cabine que necessitávamos, o tamanho das rodas e o curso da suspensão. Eles também tinham dados aerodinâmicos resultantes de nosso trabalho de simulação prévia”, explica o chefe de projeto da divisão esportiva da marca, Jean-Christophe Pailler.

Por mais contraditório que possa soar, esse gigante não tem tração integral. A Peugeot optou por utilizar a tração em apenas duas rodas para privilegiar um maior curso da suspensão e também para que fosse possível utilizar rodas maiores. O 2008 DKR utiliza pneus Michelin de 37 polegadas, de quase 94 cm de diâmetro.

Veja também: Land Rover transforma Discovery em jipão hi-tech

Informações técnicas, como motor e câmbio ainda não foram divulgadas. Segundo a marca, a principal dificuldade enfrentada no projeto foi adaptar o modelo original às necessidades impostas pelo off-road. A solução, para evitar que o carro virasse um emaranhado de enxertos de diversas peças, foi redesenhá-lo totalmente. Assim, foi possível eliminar as portas traseiras do 2008 DKR, que, segundo a marca, o deixou parecido com uma versão cupê do modelo. A dianteira também teve que ser redesenhada, devido à necessidade de aumentar (bastante) o ângulo de ataque.

A dupla de pilotos que domará esta fera é o espanhol Carlos Sainz, bicampeão do Campeonato Mundial de Rali (WRC) e vencedor em Dakar no ano de 2010, e Cyril Despres, francês pentacampeão do Rali Dakar pilotando motocicletas.

Depois de ter participado das duas últimas edições do Dakar com um carro de tração apenas nas duas rodas, Sainz está convencido de que eles podem vencer o rali com o 2008 DKR. A prova, que acontecerá entre 4 e 17 de janeiro de 2015, terá quase nove mil quilômetros de extensão e passará pela Argentina, Bolívia e Chile.