Porsche arquiva projeto do 550 Spyder

Conversível que deveria ser modelo de entrada é deixado de lado por CEO devido reação dos clientes quanto a um modelo barato

Um raro 550 exposto no museu da Porsche, na Alemanha | Imagem: divulgação

Se você ainda se lembra da matéria sobre um “modelo de entrada” da Porsche e esperava comprar o seu primeiro esportivo daqui alguns anos, nós temos uma má notícia para te dar: o projeto está suspenso por tempo indeterminado. Ao menos foi isso que o presidente executivo da marca, Matthias Mueler, disse ao informativo alemão Wirtschaftswoche.

Segundo Mueler, o 550 roadster – nome que poderia batizar o modelo mais barato da Porsche – deverá ser lançado em uma “próxima geração de clientes”. Isso porque, muito provavelmente, o carro mexeria demais com a imagem premium da marca alemã.

Veja mais: Porsche apresenta novo Boxster

A ideia era que o 550 custasse em torno de 35.000 (aproximadamente R$ 62.300 sem impostos). Nesta faixa, ele se encaixaria abaixo do Boxster que, atualmente, é o modelo mais em conta na gama da Porsche.

O Porsche 550 Spyder foi apresentado pela primeira vez durante o Salão de Paris, em 1952. O modelo contava com uma carroceria feita em alumínio e chassi tubular. Boa parte da fama do 550 vem do fato do modelo ser o responsável por conduzir James Dean à morte, famoso ator de Hollywood nos anos 1950.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!