Primeiro carro voador de série começa a ser produzido nos EUA

Terrafugia Transition é equipado com um motor Rotax 912 ULS de 100 cv

O combustível é gasolina comum | Imagem: divulgação

Quem nunca assistiu Os Jetsons, desenho animado exibido no Brasil até os dias atuais e que retrata como seria o futuro da humanidade no ano 2000? Na animação, que soltou o imaginário de muitas pessoas, encontramos de tudo, desde robôs que fazem tarefas domésticas até cidades suspensas e carros voadores.

Tudo muito bonito, futurista e ficcional, certo? Sim, mas para aquela década. No mês de abril a indústria automobilística vai conhecer um veículo que pode estabelecer um novo patamar aos carros que conhecemos hoje. Trata-se do carro-avião Terrafugia Transition.

Para quem não lembra, o projeto surgiu em 2006, mas desde 2009 esperava pela autorização para produção dos órgãos reguladores dos Estados Unidos. Permissão concedida e últimos ajustes feitos, agora o modelo começa a ser produzido em série.

Chame-o como quiser: carro voador, carro-avião ou até mesmo de “aeronave esportiva leve”, como definiu a própria marca. O fato é que, além do modelo poder transitar em vias comuns – chamando a atenção de todos - ele pode alçar vôo.

Leia também: Entenda como funcionará o chip de identificação do veículo

De acordo com dados da montadora, o ele é equipado com um motor Rotax 912 ULS – usado em aeronaves – que desenvolve até 100 cv. Voando, o veículo atinge velocidade máxima de 185 km/h e consegue percorrer até 787 quilômetros quando o seu tanque, que comporta 87 litros de gasolina, está cheio.

Por se tratar de um “meio carro, meio avião”, o Transition acaba tendo duas medidas. Quando está no “modo carro” ele tem 2 metros de altura, 6 metros de comprimento e 2,3 metros de largura. Quando o “modo avião” é ativado, por meio de um botão no painel, a largura salta para 8 metros.

Outros destaques: Volvo cria airbag para pedestre, veja como funciona

Vale ressaltar que a transformação do carro em avião demora cerca de 30 segundos e para levantar vôo o meio motorista, meio piloto tem que passar por um treinamento de 20 horas oferecido pela própria Terrafugia.

A apresentação da versão de produção do Transition acontecerá no Salão de Nova York, que abre as portas no dia 06 de abril. O veículo será comercializado por cerca de US$ 279 mil (aproximadamente R$ 503 mil) e as primeiras unidades serão entregues até o final deste ano.

É, o futuro já chegou, agora só falta os robôs virarem empregadas domésticas.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!