Com produção autorizada pelo Grupo Volkswagen, o Bugatti 16C Galibier aos poucos começa a sair das pranchetas. Segundo aponta a edição inglesa da revista Car, o modelo de luxo da marca franco-italiana terá uma opção com motorização híbrida, algo um tanto estranho para um automóvel que será impulsionado pelo mesmo motor do Veyron, o colossal bloco 8.0 W16. A fonte da publicação é Wolfang Dunheimer, CEO da Bugatti.

Em entrevista à revista, o executivo da marca afirma que Galibier terá essa configuração para poder atender as normas de algumas cidades pela Europa e Oriente Médio, que aos poucos vão fechando o cerco para veículos superesportivos por conta da poluição do ar e sonora. Sendo assim, em centros urbanos o modelo poderá circular somente por eletricidade. De acordo com a fonte, nesse modo o carro poderá rodar até 50 km.

Dunheimer também deu mais pistas sobre como será o 16C. Adiantou que o modelo terá câmbio de dupla embreagem e interior decorado com elementos de porcelana. O poucos milionários terão acesso ao futuro carrão da Bugatti: apenas 3.000 unidades serão produzidas. O lançamento do Galibier é esperado para 2014.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Thiago Vinholes

|