Renault Sandero e Logan decepcionam em segurança

Mitsubishi Eclipse Cross, que será lançado no Brasil, vai bem na proteção de adultos
Renault Sandero durante teste de colisão do Latin NCAP

Renault Sandero durante teste de colisão do Latin NCAP | Imagem: Divulgação

O Latin NCAP divulgou nesta terça-feira (12) a sua terceira série de testes realizados em 2018 com resultados animadores e outros nem tanto.

Começando pela notícia boa, o Mitsubishi Eclipse Cross, modelo que será lançado no Brasil, alcançou a nota máxima na proteção para adultos, no caso 5 estrelas, mas ficou devendo um pouco na segurança para crianças, alcançando 3 estrelas na proteção para o ocupante infantil.

“O Eclipse Cross oferece uma boa proteção para adultos no impacto frontal, lateral e lateral de poste, tendo sido aprovado, também, no teste de controle eletrônico de estabilidade (ESC). O Eclipse Cross conta com sete airbags como equipamento padrão, sendo um deles para os joelhos do motorista”, explicou o Latin NCAP.

“A qualificação de três estrelas (do Eclipse Cross) para a proteção infantil é explicada pela escolha dos Sistemas de Retenção Infantil (SRI) utilizados no teste, que apenas podem ser ajustados usando cintos de segurança, proporcionado uma baixa proteção em ambos os dummies infantis. O fabricante decidiu não colocar à disposição SRIs com ancoragens ISOFIX para os consumidores antes do teste, portanto não foram usados. Contudo, o carro oferece ancoragens ISOFIX padrão aprovadas de tamanho i-size. Se esse veículo contasse com ISOFIX, teria apresentado melhores resultados. Todos os SRIs avaliados foram aprovados no teste de instalação. O carro também conta com cintos de três pontos em todos os bancos”, complementa a entidade.

A notícia não muito boa vai para a dupla de porte compacto da Renault, no caso o Sandero e o Logan. Os modelos registraram apenas 1 estrela na proteção para adultos e 3 estrelas na proteção para o ocupante infantil.

“A dupla Sandero/Logan obteve uma proteção pobre no peito do motorista no impacto frontal e lateral, explicando a única estrela para a Proteção do Ocupante Adulto. Apesar do Sandero/Logan contar com barras laterais nas portas, a falta de uma estrutura de melhor desempenho e dispositivos de absorção de energia, para o impacto lateral, explicam o baixo rendimento no impacto lateral. O Sandero/Logan ainda não oferece cintos de três pontos em todos os bancos de forma padrão, não tendo ancoragens ISOFIX como equipamento padrão. Esse fato surpreende levando em conta que o Sandero lançado na África, testado pelo Global NCAP, possui cintos de três pontos em todos os assentos, bem como ISOFIX como equipamento padrão”, declarou o Latin NCAP.

Ainda de acordo com o Latin NCAP, “a Renault confirmou que irá melhorar o desempenho de segurança do Sandero/Logan”. Vamos ver se isso ocorrerá em breve. 

*Notícia atualizada às 18h53 para inclusão do posicionamento oficial da Renault sobre o assunto, o qual publicamos na íntegra: "a evolução dos critérios adotados nas provas de colisão faz com que haja uma mudança nos resultados ao longo do tempo sem que tenha havido uma mudança no produto. A segurança sempre foi uma características dos veículos Renault, o que pode ser confirmado pelos ótimos resultados dos nossos mais recentes lançamentos. Estamos atentos e trabalhando para trazer mais segurança a todos os nossos produtos continuamente".