Serviço: saiba como obter a CNH digital

Documento tem o mesmo valor jurídico da versão impressa
A nova CNH traz o histórico do titular do documento para garantir a segurança

A nova CNH traz o histórico do titular do documento para garantir a segurança | Imagem: Agência Brasil

A Carteira Nacional de Habilitação Digital já faz parte da vida de 3.424.474 milhões de pessoas no Estado de São Paulo, segundo informa o Detran.SP. Desse total, 70% fizeram o download do documento no ano de 2020, o que corresponde a 2.380.684 milhões de cidadãos. Os dados são do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito).

A CNH Digital é uma versão eletrônica da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e tem o mesmo valor jurídico da impressa, que continua sendo emitida aos condutores. O documento em formato digital está disponível desde 2018 pelo Detran.SP para os motoristas residentes no estado.

Utilizar a habilitação de maneira eletrônica é fácil. A CNH é acessada por meio de um QR Code presente no documento físico e é disponibilizada por um aplicativo, o CDT (Carteira Digital de Trânsito), da Serpro (Empresa de Tecnologia da Informação do Governo Federal). Esse aplicativo está disponível nos principais sistemas operacionais dos telefones celulares e permite que o condutor gere a CNH sem precisar comparecer a uma unidade de atendimento do Detran ou do Poupatempo, no caso de São Paulo.

O código para baixar a CNH no aplicativo CDT é enviado no e-mail de cadastro do cidadão. Há também a opção de acesso pelo site do Poupatempo na aba "Serviços" (Desça até o ícone "CNH - Carteira Nacional de Habilitação" e clique em "Consultas e Acompanhamentos". Em seguida, clique em "Consulta do código de segurança da CNH digital").

Os condutores paulistas que estão com a habilitação vencida ou a vencer em 30 dias podem fazer o pedido de renovação da CNH, de forma online, pelo portal (www.poupatempo.sp.gov.br) ou aplicativo Poupatempo Digital. O condutor, no entanto, não deve ter qualquer tipo bloqueio no prontuário, como suspensão, por exemplo. 

Já para condutores com a habilitação emitida antes da nova tecnologia digital - sem o QRCODE- é preciso solicitar uma segunda via do documento para obter a versão online. A solicitação também pode ser feita pelo site ou aplicativo do Poupatempo. O valor da taxa é o mesmo da renovação.

Confira o passo a passo para obter o documento digital

 

1 - Instale o aplicativo "CDT - Carteira Digital de Trânsito" no seu smartphone.

 

2 - Cadastro de usuário:

- Uma vez instalado o aplicativo, abra e selecione: “Entrar com gov.br”

- Na tela seguinte informe o CPF e selecione “Próxima”. (Tela do Gov.br)

- Na próxima tela deverá ser informada a senha do usuário. Caso o usuário não possua conta no portal Gov.br, deverá criar uma conta. Após criar a conta, deve retornar ao aplicativo e clicar em “Entrar com gov.br”.

 

3 – Baixar a CNH digital:

Após o login, selecionar a opção “Habilitação”, em seguida selecionar “Toque aqui para adicionar a sua CNH”;

Não estando habilitado, o usuário deve optar por um módulo de autenticação. São eles: “Validação pelo celular (Validação Facial); Certificado Digital (Portal de Serviços Denatran); Sem certificado digital (Validação de balcão do Detran).

 

Ao escolher a validação facial o usuário deverá:

- Informar o CEP à época da emissão da CNH Física;

- Efetuar a leitura do QR Code;

- Realizar a Validação Facial, atendendo às solicitações do aplicativo;

- Ao final da validação facial, informar o número do telefone;

- Pronto! Está disponibilizada a CNH digital em seu smartphone;

Acima a tela principal da Carteira Digital de Trânsito
Acima a tela principal da Carteira Digital de Trânsito - CDT
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!