Sistema de ''valet automatizado'' ganha força e Ford também testa a tecnologia

Depois da Mercedes-Benz na Alemanha, Ford começa a validar o sistema nos EUA
Tecnologia do estacionamento automatizado em testes pela Ford nos EUA

Tecnologia do estacionamento automatizado em testes pela Ford nos EUA | Imagem: Divulgação

Em 2019, a Mercedes-Benz e a Bosch apresentaram ao mundo um recurso muito interessante para quem deseja se ver livre de uma tarefa muitas vezes desagradável e que acaba tomando um bom tempo: procurar uma vaga para estacionar o carro.

Para que os motoristas possam se ver livres dessa obrigação - e até mesmo de manobrar seu automóvel - ainda vamos depender do avanço e da difusão dos carros autônomos, mas a tecnologia mostra-se muito promissora.

O recurso do “estacionamento autônomo” foi desenvolvido pela Bosch e também depende que a infraestrutura dos locais seja preparada para oferecer esse complemento à tecnologia dos carros autônomos.

 

Pegando carona no projeto do museu da Mercedes-Benz em Stuttgart, a Ford preparou com a Bosch a garagem de um prédio residencial em Detroit para mostrar os benefícios do sistema de valet automatizado. Baseado na tecnologia V2I (vehicle-to-infrastructure), uma série de sensores especiais reconhecem e localizam o veículo ajudando-o a se deslocar e manobrar na vaga disponível. Por meio de um comando no aplicativo dedicado ao sistema, o proprietário aciona o mecanismo de estacionamento automático. Quando terminar sua visita ou compromisso, basta acionar o mesmo aplicativo que o carro vai ao encontro do proprietário em um local já definido, evitando ter que procurar o carro pela garagem. No caso do teste realizado nos EUA, o prédio residencial é o primeiro do país a receber a tecnologia.

Infelizmente o “valet automatizado” como também é chamado ainda não tem uma previsão para ser expandido, uma vez que depende não só da infraestrutura dos locais bem como da própria difusão dos carros autônomos para que possa operar. De qualquer forma, com a tecnologia sendo implementada de uma forma cada vez mais rápida, talvez em um horizonte não muito distante a questão de onde estacionar o carro pode ser algo que sequer vai passar pela nossa cabeça…

 
Assine a newsletter semanal do AUTOO!