Strada e Nivus seminovos estão saindo mais caros do que 0 km

Demanda em alta e produção reduzida está resultando em altos valores cobrados pelas novidades da Fiat e da VW
Volkswagen Nivus 2021

Volkswagen Nivus 2021 | Imagem: Divulgação

Não há dúvidas de que a nova geração da Fiat Strada e o inédito Volkswagen Nivus foram duas das estreias de maior sucesso no mercado brasileiro no ano passado. No entanto, muito sucesso também pode ser nocivo. Ao se comparar valores de tabela dos carros 0 km com os que estão sendo vendidos como seminovos, os preços cobrados na revenda são maiores do que aqueles vistos para os modelos novos.

De acordo com o site Mobiauto, Tanto a Strada quanto o Nivus estão sofrendo com filas de espera, que podem chegar a 120 dias no caso do SUV da Volkswagen. Com a demanda pelas novidades em alta e a Fiat e a VW precisando operar em ritmo reduzido de produção por conta das medidas sanitárias, o que se vê é o fenômeno de supervalorização do usado, que pode ser adquirido a pronta entrega.

No caso do Volkswagen Nivus 0km, ele é comercializado por R$ 92.440 na versão Comfortline e R$ 105.840 na Highline, de acordo com a tabela da marca. Uma busca rápida em sites de compra e venda de veículos mostra anúncios por unidades seminovas com valores chegando a R$ 102.990 por um Nivus Comfortline com 600 km rodados. Para a versão mais completa, o ágio é ainda maior, com anúncios cobrando até R$ 117.890. Na tabela Fipe, tais modelos usados estão avaliados em R$ 85.154 e R$ 92.931, respectivamente.

Para a Fiat Strada, a situação não é muito diferente. Enquanto a versão Freedom 1.3 cabine dupla 0 km tem preço sugerido de R$ 79.958, há revendas oferecendo unidades seminovas por até R$ 92.900. Na tabela Fipe, seu preço é de R$ 72.958. Já a configuração Volcano 1.3 cabine dupla, tabelada em R$ 85.964 0 km, tem anúncios de modelos seminovos chegando a R$ 98.900, enquanto seu valor na Fipe é de R$ 78.383.

Fiat Strada 2021
Fiat Strada 2021
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!