Subaru comemora 40 anos de tração 4x4

Mais de 11 milhões de carros com essa tecnologia foram produzidos; no Brasil as vendas ainda são fracas

Subaru Leone Estate Van | Imagem: Divulgação

Em 1972, a Subaru lançava o Leone Estate Van, o primeiro carro da Fuji Heavy Industries Ltda. (FHI) – fabricante dos carros da Subaru – que recebeu o “dom” da tração nas quatro rodas. O motivo de comemoração da marca aumenta com os 11.782.812 veículos dotados de tração integral produzidos, que representam 55,7% das vendas totais.

Para quem não sabe, o sistema de tração integral distribui a força do motor nos dois eixos de forma equilibrada. O resultado é uma direção estável e segura, principalmente em altas velocidades - vide o Impreza WRX STi, utilizado nos ralis.

Veja mais: Subaru mostra família Impreza no Japão

No Brasil, a Subaru é, assim como a Hyundai, mais uma marca trazida pelo grupo Caoa. Porém, diferentemente da fabricante sul-coreana, os carros da Subaru não “pegaram” tanto por aqui. Uma prova disso é seu número de vendas de 2011: 2.360 carros vendidos; uma média de 197 carros por mês. Isso deu à Subaru um tímido 30º lugar no ranking das mais vendidas daquele ano. Embora a marca tenha produtos mais acessíveis, o representante optou por concentrar seu portfólio em modelos mais equipados e potentes.

A cartela da Subaru conta com: Legacy 2.0 CVT, Legacy 2.5 GT, Outback 3.6, Tribeca 3.6, Forester 2.0, Forester 2.5 Turbo, Forester S-Edition, Impreza hatch 2.0 (manual e automático), Impreza STI hatch (manual e automático), Impreza sedan 2.0 (automático), Impreza XV 2.0 (manual e automático), Impreza WRX hatch e sedan (automático). Todos contam com tração 4x4.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!