SUVs já vendem mais que os populares hatches no Brasil

Fenômeno antecipa o amplo domínio que os utilitários esportivos passarão a ter nas vendas de carros nos próximos anos
Jeep Compass 2022

Jeep Compass 2022 | Imagem: Divulgação

O HB20, o Onix e o Argo estão lá no topo do ranking de vendas entre os automóveis em 2021, mas acredite, eles já não são assim tão populares como no passado. O que parecia algo inconcebível ocorreu em abril e novamente em maio: os SUVs já emplacam mais unidades que os hatches compactos no Brasil.

Segundo dados levantados pelo AUTOO, a soma dos utilitários esportivos, sejam pequenos, médios ou grandes, chegou a 53.270 unidades em abril e 58.642 unidades no mês passado. Nesse mesmo período, os hatches compactos e médios (quase extintos) tiveram 48.053 (abril) e 54.027 veículos emplacados (maio).

Para se ter uma ideia de como os SUVs têm se tornado populares basta lembrar que em maio de 2016, portanto há apenas cinco anos, eles tiveram 25.664 unidades vendidas, ou menos da metade de hoje. E essa diferença seria muito maior se não vivêssemos em meio à uma pandemia de proporções nunca vistas.

Ou seja, o mercado real de SUVs é bem maior assim como de hatches, é verdade. Parte dessa situação pode ser explicada pelo desabastecimento de componentes na indústria, que afetou sobretudo a Chevrolet e fez o Onix cair pelas tabelas – ele que era o veículo mais vendido do país até pouco tempo atrás.

Mas a crise dos microchips afeta os SUVs também: o Tracker, também da GM, tinha somente 864 unidades emplacadas até esta terça-feira 22, contra 4.717 em abril.

Embora em junho do ano passado, os SUVs já tenham superado os hatches, foi a partir deste ano que a tendência se confirmou
Embora em junho do ano passado, os SUVs já tenham superado os hatches, foi a partir deste ano que a tendência se confirmou
Imagem: AUTOO

Ultrapassagem com margem

Os SUVs já haviam superado os hatches no ano passado, é preciso reconhecer. Em junho, eles tiveram pouco mais de 400 carros emplacados a mais, no entanto, a partir de agosto, as duas categorias se distanciaram à medida que o mercado foi ganhando fôlego novamente.

Desde janeiro deste ano, com a saída de cena da Ford e as paradas nas linhas de montagem, os emplacamentos entraram em parafuso, deixando os números bastante irregulares.

Apesar disso, o crescimento de participação dos utilitários esportivos é claro nos últimos seis meses. De 28,6% hoje a categoria já detém um terço das vendas no país.

Honda HR-V 2021
Honda HR-V 2021
Imagem: Divulgação

E essa preferência só tende a crescer com a chegada de novos modelos como o Fiat Pulse e o recém lançado Volkswagen Taos, entre outros estreantes.

Os hatches podem voltar à liderar? Com certeza, desde que a produção seja regularizada, mas certamente o mercado de veículos novos no Brasil não será mais o mesmo de antes da pandemia. E possivelmente Onix, HB20 e Argo irão ganhar a companhia de algum SUV lá no topo do pódio.

Veja abaixo quais são os 16 SUVs mais vendidos em 2021 (janeiro a maio):

Posição Modelo Total
Jeep Renegade 33106
Hyundai Creta 27593
Jeep Compass 26513
Chevrolet Tracker 26140
Volkswagen T-Cross 25865
Honda HR-V 16279
Nissan Kicks 15919
Renault Duster 10598
Toyota Corolla Cross 5604
10º Citroën C4 Cactus 5151
11º Toyota SW4 4871
12º CAOA Chery Tiggo 5X 4551
13º Renault Captur 2995
14º CAOA Chery Tiggo 8 2875
15º Ford EcoSport 2832
16º Peugeot 2008 2587