Sucesso de vendas e crítica na Europa e no Japão, o Toyota iQ finalmente chegou ao concorrido mercado de carros dos Estados Unidos. Mas por lá a montadora decidiu mudar a identidade do menor carro para quatro ocupantes do mundo. Nos EUA o modelo será vendido pela Scion, a divisão “descolada” do Grupo japonês, que foca seus produtos principalmente para o público jovem. A novidade chega ao mercado daquele país em outubro deste ano com preços a partir de US$ 15.265 (cerca de R$ 24.900, sem contar impostos brasileiros).

Ao mudar de bandeira, o iQ também recebeu algumas alterações estéticos para diferenciá-lo do “irmão gêmeo” da Toyota. Os para-choques têm desenho mais suavizado e os compradores ainda contam com duas opções de rodas de alumínio aro 14” com desenho da Scion. As mudanças no interior são ainda mais evidentes, principalmente pela instalação de uma tela de LCD do alto do painel, que fornece controle de áudio e informações para navegação. Mudam ainda o revestimento dos bancos e as cores do console.

Scion iQ 2012
Divulgação

O iQ é o menor carro do mundo para quatro ocupantes em produção: mede apenas 2,89 metros de comprimento

O iQ da Scion ainda conta com mais equipamentos em relação ao modelo da Toyota. Ele vem com sistema de som de alto padrão fornecido pela Pioneer e conta com 11 airbags da série top de linha. Há também os habituais sistemas de freio ABS com EBD e controle eletrônico de estabilidade (ESP).

Por outro lado, a motorização do Scion iQ é mesma da versão Toyota. O modelo tem motor 1.3 Dual VVT-i, com comandos de válvula variável de admissão e escape para maior eficiência, e o câmbio é automático sequencial de quatro marchas. Segundo a montadora, o conjunto gera 83 cavalos de potência e torque máximo de 12,3 kgfm com um consumo médio de gasolina na casa dos 16 km/l.

Scion iQ 2012
Divulgação

O interior do iQ para a Scion é mais requintado que o modelo da Toyota. Modelo custa US$ 15.265 nos EUA

A marca ainda antecipa que em 2012 o Scion iQ terá uma versão EV, com motorização totalmente elétrica. Com isso, a Toyota será a única fabricante do mundo com dois veículos deste segmento em produção, já que lançará também no próximo ano o RAV4 EV, igualmente movido somente por energia elétrica.

Thiago Vinholes

|