Teasers e fotos vazadas depois, a Toyota finalmente revelou a nova geração do Camry, que ganhou novo desenho, interior mais espaçoso, novo ajuste de suspensão e motores mais potentes e econômicos.

A sétima geração do sedã chega nas versões L, LE, XLE e SE, além do híbrido (no Brasil, é praticamente certo que virá apenas a mais cara, XLE). A principal mudança está no visual, que manteve as linhas elegantes, mas com pitadas de esportividade. Destaque para os faróis e lanternas mais afilados e recortados, além de novas cores. A versão SE se diferencia pelo kit aerodinâmico, além de para-choques e rodas distintos.

O novo Camry também conta com motores retrabalhados. O 2.5 litros de 4 cilindros agora rende 180 cv (ante 171 cv do modelo anterior), enquanto o consumo fica na casa dos 12,7 km/l de média. O mesmo ocorre com o bloco V6 de 3.5 litros, que mantém os 271 cv, mas que melhorou o consumo, alcançando 10,8 km/l de média. Nos dois casos, a transmissão é automática, de seis velocidades com opção de trocas manuais – mas somente o SE tem paddle shifters no volante.

Na configuração híbrida, o Camry 2012 conta com um motor a combustão de 158 cv e um elétrico de 105 kW que, juntos, somam 202 cv. Seu forte, evidentemente, é o baixo consumo: 18,2 km/l na cidade, 16,5 km/l na estrada e média de 17,4 km/l.

Importado para o Brasil, é certo que o sedã da Toyota desembarca por aqui no próximo ano.

Rodrigo Mora

|