Última Kombi fabricada no Brasil vai para a Alemanha

Modelo Last Edition agora repousa no Museu de Veículos Comerciais do Grupo VW

Última Kombi repousa em Hannover | Imagem: VW

A última unidade da Kombi Last Edition a sair da linha de montagem da VW em São Bernardo do Campo (SP) teve um destino glorioso. O modelo derradeiro foi enviado a matriz na Alemanha e agora repousa no museu de veículos comerciais do Grupo VW, em Hannover.

A divisão da VW no Brasil foi a última no mundo a encerrar a produção da primeira Kombi, que durou 56 anos e somou mais de 1,1 milhão de unidades produzidas. O modelo saiu de linha em 2013 por não ser compatível com freios ABS e airbags frontais, itens de que passaram a ser obrigatórios no País neste ano. 

Veja mais: Kombi Last Edition ganha segunda "fornada"

A edição especial Last Edition (Última Edição, em inglês) marcou o fim da linha para o utilitário, que durante muitos anos figurou entre os veículos comerciais mais vendidos no País. A série, com 1.200 unidades, custa R$ 85 mil e é cobiçada por colecionadores do mundo interior. Interessados ainda podem encontrar o modelo customizado nas concessionárias, mas por pouco tempo, pois restam poucos exemplares.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!