Volkswagen muda Fox e Saveiro numa só tacada

Pressionada pela concorrência, montadora alemã transforma Fox em mini-Golf e adere à cabine dupla, criação da rival Fiat

Esse já é o segundo facelift do Fox | Imagem: VW

Acostumada por anos a uma posição confortável no mercado brasileiro, a Volkswagen está tendo que literalmente ‘sambar’ para recuperar o espaço perdido nos últimos anos. Acertada em cheio pelo Inovar Auto, a montadora perdeu de uma vez o Gol G4 e a Kombi, dois modelos saudosistas que não se encaixaram na legislação de segurança mais exigente. De quebra, a marca alemã viu suas vendas caírem 15% em 2014 contra uma média de 10% da Fiat e da GM.

A saída para um cenário tão ruim? Reforço nos modelos existentes e lançamento numa só tacada. Nessa balada, chegam às lojas a linha 2015 do Fox reestilizado e a inédita versão cabine dupla da Saveiro, dois dos seus principais veículos.

A Volks não fala em volume, mas a esperança é reverter a queda do Fox (de 27% em 2014) e impulsionar o já bom momento da Saveiro para, enfim, encostar na líder Strada. Mas se os preços da picape estão em linha com o segmento, o hatch compacto repete o mesmo problema de outros tempos, um pacote incompleto que exclui ar-condicionado e cobra mais caro por isso.

Fox atropela o Polo

Nascido como um hatch com pitadas de minivan, o Fox mudou em 2009 ao ganhar um acabamento melhor e um visual mais alinhado com a VW. Agora, a influência foi ‘nobre’, o novo Golf 7. E o que se esperava ser um inspiração distante mostrou-se uma cópia muito próxima do modelo médio.

Faróis, lanternas, grade, para-choque, todos calcados no Golf. Por dentro, equipamentos semelhantes e até o volante que era exclusivo do hatch médio alemão. A tentativa é de dar um ar mais esportivo e sofisticado ao modelo e tirá-lo do caminho do Gol. Mas, com isso, a Volks atropelou o velho Polo que, apesar de vender pouco, segue no portfólio da marca.

A Volks também aumentou a abrangência da linha com versões de entrada (Trendline), intermediária (Comfortline), ecológica (Bluemotion) e a nova topo de linha, Highline. São quatro motores – 1.0 de 4 cilindros, 1.0 de 3 cilindros, 1.6 8V e 1.6 16V, além de transmissão manual de cinco e seis marchas (exclusiva do Fox Highline). Veja os preços aqui.

Time completo

Se a jogada do Fox é arriscada por enfrentar uma legião de modelos novos, a Saveiro parece que se dará melhor. Além da falta de rivais, a picape agora está praticamente em igualdade de condições com a Strada, da Fiat. A razão é que a versão cabine dupla, uma invenção da montadora italiana, é tão bem sucedida que responde por metade das mais de 12 mil unidades vendidas todos os meses.

Ou seja, com essa versão, a Saveiro entra num novo subsegmento e pode bater a marca das 10 mil unidades emplacadas por mês. Como trunfo, a picape da Volks traz uma base mais sofisticada, projeto mais novo e, garante a marca alemã, mais espaço e comodidade, seja para os três passageiros extras (a Fiat só leva mais dois) como para a caçamba, que leva 580 litros de carga.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!