A versão final do conceito Volkswagen New Compact Coupé, ou Jetta cupê como vem sendo chamado, ainda deve demorar a se tornar realidade. Segundo a edição norte-americana da revista Car and Driver, a Volks ainda não está pronta para produzir o carro no México a partir de 2013 e poderá adiá-lo. O foi prazo foi divulgado pela marca durante o lançamento do protótipo no Salão de Detroit em 2010.

Por outro lado, de acordo com a fonte, a VW poderá adiantar a produção do conjunto mecânico híbrido apresentado no conceito, mas adaptado para o sedã e outros carros feito no país, como o Beetle e Golf.

A publicação afirma que os planos da marca em relação ao cupê mudaram por conta do maior interesse do público dos Estados Unidos pelo novo Beetle conversível, que também será produzido em Puebla, onde fica a fábrica mexicana da VW. Este novo modelo, mais uma vez segundo dados da revista, será apresentado no próximo Salão de Nova York, em 2012.

VW NCC
Divulgação

Bonito o Jetta com carroceria cupê, não? Seu lançamento deve ficar somente para depois de 2013

Como todos os carros feitos no México, o Jetta cupê também é mais um candidato a chegar no mercado brasileiro isento de taxas de exportação – o Brasil mantém um acordo comercial bilateral com o país na América Central. Mas primeiro ele precisa ser concluído. A VW ainda não comenta sobre o assunto.

Design e tecnologia

O Jetta cupê foi apresentado em Detroit equipado com motor 1.4 TSI (turbo com injeção direta) de 150 cavalos de potência combinado ao outro elétrico com mais 30 cv. Este, por sua vez, obtém energia do conjunto de baterias de íon lítio, alojado na parte traseira do veículo. Segundo a marca, o sistema pode operar combinando os propulsores ou de forma individualizada. A fonte elétrica, por exemplo, pode assumir a condução em momentos de baixa velocidade, enquanto o motor a gasolina assume em faixas mais elevadas.

VW NCC
Divulgação

A cabine do Jetta cupê conceitual foi desenhada para comportar apenas 4 ocupantes

Para a transmissão a VW escolheu a caixa DSG de 7 marchas e dupla embreagem, que também ajuda a poupar combustível e melhora o desempenho: a marca divulga para o New Compact Coupé consumo médio de 23,8 km/l e velocidade máxima de 230 km/h.

Visualmente mais esportivo que o sedã, a versão cupê do Jetta consegue este efeito por conta do caimento suavizado da coluna C e dimensões ligeiramente menores – ele é mais curto (4,54 metros) e possui o teto mais baixo (1,41 m).

Thiago Vinholes

|