VW confirma motor 1.5 turbo e opção de tração integral para o Taos nos EUA

Resta saber se o rival do Compass aqui no Brasil contará com as mesmas opções mecânicas
Volkswagen Taos 2021

Volkswagen Taos 2021 | Imagem: Divulgação

A divisão norte-americana da Volkswagen revelou nesta terça-feira (29) informações importantes sobre o Taos, inédito SUV médio da marca que concorrerá com o Jeep Compass aqui no Brasil.

Ao menos para os mercados da América do Norte, as opções de conjuntos mecânicos para o SUV começam a ser oficializadas pela montadora. Entre os motores, o Taos contará com uma variante baseada no motor EA211, até então utilizado nas versões mais acessíveis do Jetta (1.4 TSI) em nosso mercado. O deslocamento, contudo, será ampliado de 1.4 para 1.5 litro. Com isso, o propulsor atualizado vai entregar 160 cv (158 hp) e 25,4 kgfm de torque.

Apesar da diferença discreta frente ao atual 1.4 TSI, que oferece até 150 cv e 25,5 kgfm, a Volkswagen alega ter melhorado a eficiência do propulsor, o que sinaliza números melhores de consumo e emissões. O novo motor, por exemplo, conta com um sistema de alta pressão para a injeção direta, que alcança 350 bar (200 bar no 1.4 TSI atual) e o turbocompressor aplicado no motor 1.5 conta com geometria variável, entre outros avanços.

Outro ponto importante adiantado pela Volkswagen norte-americana é que o Taos contará com versões equipadas com tração integral, nesse caso utilizando uma transmissão de dupla embreagem com 7 marchas. As versões com tração dianteira, por sua vez, contam com um câmbio automático de 8 velocidades.

Volkswagen Taos 2021
Volkswagen Taos 2021
Imagem: Divulgação

Na América do Norte, a chegada do Taos ao mercado está prevista para o meio de 2021, mesmo período em que ele deverá ser lançado também no Brasil e região. A estreia mundial do Taos já está definida para o dia 13 de outubro.

Os dados apresentados nesta terça pela Volkswagen são muito relevantes, uma vez que sugerem uma atualização completa para o motor 1.4 TSI atualmente aplicado em vários modelos vendidos pela marca aqui no Brasil, como o já citado Jetta e o Tiguan Allspace. O fato do Taos contar com a opção de tração integral também é algo animador, uma vez que poderá torná-lo ainda mais interessante do ponto de vista técnico. 

Vale a pena destacarmos, contudo, que o Taos vendido nos países da América do Norte será produzido no México, enquanto, para abastecer o Mercosul e região, a Argentina foi o país escolhido para centralizar a fabricação do SUV. Logo, não necessariamente o conjunto mecânico confirmado para a América do Norte poderá ser replicado aqui. De qualquer forma, já é um sinal bastante revelador. Vamos acompanhar!

Volkswagen Taos 2021
Volkswagen Taos 2021
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!