VW lança sedã Phideon no mercado chinês

Modelo vai se posicionar acima do Passat na gama da marca
Volkswagen Phideon 2017

Volkswagen Phideon 2017 | Imagem: Divulgação

A Volkswagen está apresentando no Salão de Genebra, na Suíça, o novo sedã Phideon. Apesar de sua estreia estar acontecendo no evento europeu, o modelo será uma exclusividade para o mercado chinês e por lá vai se posicionar acima do Passat na linha, sendo o carro mais luxuoso (e caro) da montadora alemã.

O novo Phideon tem design semelhante à de outros modelos da Volkswagen, em especial o próprio Passat. A plataforma do sedã é a modular MLB, projetada para carros com motor longitudinal, sendo o primeiro veículo da marca a usar esta nova base, com direito a respeitáveis 5,05 metros de comprimento, 1,87 m de largura e 1,48 m de altura.

De acordo com a própria empresa, o novo Volkswagen Phideon “posiciona-se como um sedã esportivo e também como uma limusine para o uso com motorista particular”. O modelo dispõe de um modo que possibilita aos passageiros controlar funções do sistema de entretenimento no painel, além de um Active Info Display para o condutor. 

O sedã estará disponível em duas versões: 2.0 TSI, com tração dianteira, e 3.0 V6 TSI, de 300 cv, com tração integral 4MOTION. Em breve, haverá ainda uma variante híbrida plug-in. Desenvolvido na Alemanha em parceria com a fabricante chinesa SAIC, o carro será produzido a partir do segundo semestre. Os preços ainda não foram divulgados. 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!