Por dois anos consecutivos - 2009 e 2010 - o propulsor 1.4 TSI da Volkswagen foi eleito o melhor motor de baixa cilindrada da indústria. O bloco combina turbocompressor com compressor mecânico (supercharged) e sistema de injeção direta de combustível, atingindo até 180 cavalos de potência e marcas de consumo acima dos 20 km/l. Porém são muito caros e altamente complexos de se produzir, o que, segundo aponta o site da revista AutoCar, pode forçar a fabricante alemã a tirá-lo de produção.

Atualmente oferecido na Europa em carros da Volkswagen, Audi e Seat, o moderno motor 1.4 TSI poderá ser substituido por bloco de dimensões similares, mas com sistema de sobrealimentação apenas por turbocompressor convecional, diminuindo assim gastos com produção e aquisição de componentes com fornecedores. A montadora, no entanto, ainda não comenta sobre o assunto.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Thiago Vinholes

|