Encerramos nossa avaliação – positiva, de modo geral – do Jeep Wrangler criticando um anacronismo ainda praticado por muitas montadoras: câmbio automático de quatro marchas. Pois a Chrysler, que aparentemente entra em uma fase mais promissora, substituiu o atual powertrain na linha 2012 do jipe, entregando-lhe o ainda fresco Pentastar V6, associado a um câmbio automático de cinco marchas ou manual, de seis.

Instalado no Wrangler, o Pentastar 3.6 litros V6 produz 288 cv e 36 kgfm de torque – bem melhor que os atuais 199 cv e 32,1 kgfm. Com uma marcha a mais e mais potência, o Wrangler 2012 agora acelera até os 100 km/h em 8,4 segundos – além de atingir a média de 8,9 km/l (contra 7,23 do modelo 2011). Segundo a montadora, o novo conjunto ainda melhorou as habilidades off-road do jipão.

Esteticamente, o Jeep Wrangler 2012 permanece igual ao da linha 2011.
 

Rodrigo Mora

|