O X6 M era esperado, mas a BMW foi além e mostrou também o X5 M, versões preparadas dos dois utilitários esportivos para quem busca mais desempenho além do habitual.

Ambos são equipados com um motor V8 4.4 litros com dupla sombrealimentação e injeção direta. Resultado: 555 cv de potência bruta e cerca de 68 kgfm de torque. Com tanta energia, nem mesmo o peso e a aerodinâmica não tão favorável impedem os dois gigantes de ir de 0 a 100 km/h em menos de 4,7 segundos.

O visual tem alterações práticas: os para-choques, por exemplo, possuem enormes entradas de ar, para facilitar o trabalho de resfriamento do motor. As rodas são aro 20 polegadas, com pneus diferentes na frente e atrás.

O câmbio é o novo M Sports Automatic, com 6 velocidades e padde-shfit de alumínio. Toda a pesada eletrônica de bordo, necessária para manter um veículo de 2,2 toneladas controlável e seguro, foi revisada para proporcionar esportividade sem colocar em risco os ocupantes.

Apesar de tudo, a BMW diz que os dois modelos emitem poucos poluentes, o que hoje é um crime em se tratando de utilitários esportivos. O X5 M e o X6 M serão mostrados na semana que vem no Salão de Nova York.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/