A 93ª edição da Indianapolis 500, a mais famosa corrida do mundo, contou com dois retornos de velhos conhecidos. Um deles foi o piloto brasileiro Hélio Castroneves, que não só voltou ao circuito, após quase ser preso por uma suposta sonegação de impostos, como venceu a corrida pela 3ª vez em sua carreira.

O outro foi um carro que, em certos momentos, liderou o pelotão de 33 carros. Estamos falando do Camaro, o esportivo da Chevrolet que foi relançando este ano nos Estados Unidos, que substituiu outro tradicional Pace Car da Indy, o Corvette.

O Camaro não participava do evento desde 1993, ano em que Emerson Fittipaldi conquistou sua segunda vitória na Indy 500. Agora ele anota cinco edições como Pace Car oficial da corrida, sendo que a marca acumula 20 participações – a GM como um todo, teve seus carros em 44 das 93 corridas no circuito.

O Camaro Pace Car foi pilotado pelo ator Josh Duhamel, que está presente no filme Transformers 2, patrocinado pela GM, e não contou com nenhuma modificação importante para acompanhar os bólidos da Indy nas voltas de bandeira amarela, apenas o sistema de luzes para sinalizar aos pilotos o estado da pista.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/