A General Motors do Brasil convocou nesta sexta-feira (06) 71.578 unidades da picape S10 modelos 2012, 2013, 2014 e 2015, fabricadas entre 13 de junho de 2011 e 4 de novembro de 2014. Segundo a montadora, há risco de vazamento de combustível e, consequentemente incêndio.

A montadora informou em comunicado que identificou a possibilidade de atrito da mangueira de retorno de combustível com a estrutura inferior da carroceria, ocasionado pela mudança da rota original da tubulação após a realização da troca do filtro de combustível.

Tal atrito pode danificar a mangueira de retorno e provocar vazamento de combustível na região inferior do veículo. Caso o combustível entre em contato com alguma chama externa ou mesmo o escapamento aquecido, a Chevrolet alerta para risco de incêndio, com risco de lesões físicas aos ocupantes e a terceiros.

O proprietário deverá agendar, a partir da próxima segunda-feira (09), a colocação de uma presilha na mangueira de retorno de combustível, visando assegurar a rota original e a eventual substituição da tubulação. O tempo estimado para a execução do serviço é de 1h20.

Confira o número de chassi dos envolvidos:
Data de fabricação - de 13/06/2011 a 04/11/2014
Chassi de CC400001 a FC411176

Para mais informações, a montadora disponibiliza o telefone (0800) 702-4200, das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira, ou o site www.chevrolet.com.br.

 
 
Chevrolet S10 chega à linha 2015 Chevrolet S10 chega à linha 2015
Chevrolet S10 2015 Chevrolet S10 2015
O visual da S10 não mudou na linha 2015 O visual da S10 não mudou na linha 2015
 
 
Karina Simões

Karina Simões |