Fabricado no Brasil desde 1997, o Civic atingiu nos últimos dias a marca de 400 mil unidades produzidas em Sumaré, no interior de São Paulo. O modelo, que no início tinha papel de coadjuvante no mercado nacional, passou a posição de líder do segmento em 2006 com a chegada da 3ª geração fabricada no país.

A ousadia no design e a mudança no público-alvo acabaram dando certo e o modelo roubou do Corolla o posto de sedã médio mais vendido do Brasil. Ironicamente, a própria Honda o tirou desta posição ao lançar no ano passado o City, um sedã menor, mas mais familiar que acabou dividindo vendas com seu irmão mais velho.

A esperança da marca japonesa agora se concentra na nova geração do sedã que deve ser lançada entre o final de 2011 e o começo de 2012. Mas será uma tarefa dura agradar tanto quanto a atual.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/