Como é comum acontecer, bastou uma versão chegar ao Brasil para que uma novidade surja no país de origem da marca. É o que acaba de ocorrer com o Classe E, o modelo premium de médio porta da Mercedes-Benz.
A marca alemã lançou o sedã no começo do ano e há poucas semanas chegou ao país o Classe E cupê. Pois esta semana a matriz apresentou o Classe E conversível, uma versão com teto de lona do cupê – além deles há também a perua Classe E que não veio ao Brasil ainda.

Não existe diferenças gritantes em relação aos seus irmãos de teto duro: o Classe E tem versões a gasolina (4) e a diesel (3). A E350 e a E500 são as favoritas para desembarcar aqui em 2010.

Com capacidade para quatro pessoas, o conversível leva ainda 390 litros de bagagem sem ser afetada pela acomodação da capota quando recolhida. A novidade do modelo são aos airbags de teto, o único da marca com esse recurso.

As vendas na Europa começarão em janeiro. Será que a Mercedes ainda tem mais alguma carta na manga da família Classe E?

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/